Pesquisar
Close this search box.

Seguro de M&A vs. Escrow Accounts: qual a melhor opção para mitigar riscos em transações?

O seguro de M&A e as Escrow Accounts são duas opções comuns para mitigar riscos em transações de fusões e aquisições. Enquanto o seguro de M&A oferece proteção contra possíveis problemas futuros, as Escrow Accounts são contas bancárias usadas para reter uma porção do preço de compra até que certas condições sejam cumpridas ou riscos sejam mitigados.

Embora ambas as opções ofereçam proteção, o uso de Escrow Accounts pode ser mais apropriado em algumas situações. Por exemplo, em transações onde o comprador tem maior conhecimento e controle sobre o negócio adquirido e pode identificar e mitigar riscos com mais facilidade, o uso de uma Escrow Account pode ser mais eficiente e econômico, já que o custo geralmente é menor do que o do seguro de M&A.

Por outro lado, em transações onde há maior incerteza quanto a possíveis riscos futuros, o seguro de M&A pode ser uma opção mais segura, embora mais cara. O custo do seguro de M&A varia dependendo da natureza da transação, do tamanho da cobertura necessária e de outros fatores, mas geralmente é proporcional ao risco envolvido.

Além disso, é importante notar que o uso de ambas as opções também pode ser combinado para melhor gerenciamento de riscos. Por exemplo, em transações de maior complexidade e risco, o comprador pode optar por utilizar tanto o seguro de M&A quanto uma Escrow Account para garantir a cobertura de diferentes tipos de riscos. Nesses casos, a utilização de ambas as opções pode fornecer uma camada extra de proteção e segurança.

Em última análise, a escolha entre o seguro de M&A e as Escrow Accounts dependerá da natureza da transação, dos riscos envolvidos e dos custos associados a cada opção. É importante discutir com os advogados especializados em M&A para determinar qual opção é a mais adequada para a sua situação específica e como isso afetará os custos da transação.

Leonardo Maciel

Autor

Leonardo Maciel